Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The A word

The A word

31
Jul20

AyJay, um pouco menos anónima

AyJay

Quando criei o blog a minha intenção era, e ainda é, manter um pouco o anonimato em relação à pessoa que vos escreve por trás do avatar de AyJay.

Isto ajuda-me a escrever sem as restrições e o medo de ser associada a certos posts que possam ser mais polémicos ou mal entendidos, e, por isso, ajuda-me a ter mais liberdade naquilo que escrevo.

No entanto, enquanto tentava desenvolver um dos vários rascunhos que se encontram na lista de espera para serem publicados, percebi que não o conseguia fazer sem adicionar vários parênteses e notas à parte de modo a conseguir dar um bom contexto à coisa.
Sem estas notinhas os meus fiéis seguidores ficariam perdidos mas com elas eu sentia que falhava a dar-me a conhecer por estes lados.

Achei por isso que estava na altura de trazer ao de cima o meu traço egocêntrico e ter um post inteiro só para falar sobre mim, com a desculpa que é a pensar em vocês  


Ficam aqui, então, umas curiosidades e informações aleatórias, sobre mim:

  1. Tenho 23 anos e sou estudante de Medicina. Estou a umas semanas de ingressar no último ano do curso 
  2. Vivo e estudo no estrangeiro. Num país da Europa Central, que presumo que não seja difícil de identificar face à informação anterior. 
  3. Odeio Coca-Cola. Para mim não passa de produto para limpar os canos 
  4. Tenho dificuldade a responder à pergunta "De onde és?".  
     Posso dizer que sou do sul... Nasci em Lisboa, e cresci saltitando de sítio em sítio face ao emprego e divórcio dos meus pais.
     Estive em Setúbal, no Algarve, no Litoral Alentejano e retornei ao Algarve onde acabei a escola secundária, seguindo depois para o estrangeiro.
  5. Tenho uma gata chamada Cappuccina 
  6. Fiz um ano de Erasmus em Coimbra 
     Eu sei, eu sei. Tudo o que vocês estão a pensar já eu ouvi muitas vezes, "então, mas fizeste Erasmus no teu próprio país?!" 
     Sim, fiz. Um dia conto-vos as razões que me levaram a fazê-lo, mas para já gostaria apenas de relembrar que eu já moro no estrangeiro, vai fazer 6 anos, estudo num curso em inglês e todos os meus colegas são também estrangeiros, alemães, ingleses, suecos, etc. Isto não é um Erasmus?
  7. Não consigo suar das mãos. Nunca suei, desconheço a sensação e sempre pensei que fosse anormal por não encaixar nas descrições de personagens ansiosas que apareciam nos livros quando era miúda.
  8. Não vejo televisão. Nem sinto falta de ter uma televisão em casa.
  9. Adoro cozinhar. É assim que preencho as minhas pausas quando estou a estudar intensivamente para os exames.
  10. Apesar de ser do litoral, confesso ter um fraquinho pelo interior do país. E a culpa é do meu namorado, beirão, que me apresentou as maravilhas de viver no interior. Nunca gostei de sítios muito movimentados, como Lisboa ou Porto, e talvez seja por isso que me pareça apelativo.

E é isto. Bom fim-de-semana 

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D